MENU
cm-condeixa.pt / notícias / Mosaico romano fica mais perto de Condeixa
27 de Novembro de 2023

Mosaico romano fica mais perto de Condeixa

O centro de Condeixa tem agora uma réplica de um mosaico do Busto de Outono das Ruinas de Conímbriga. Este é mais um passo no caminho para a classificação como Património Mundial.

A Praça da República, no centro de Condeixa-a-Nova, possui desde ontem uma das peças mais «interessantes» do espólio dos mosaicos de Conímbriga, explicou Miguel Pessoa, dirigente da Associação Ecomuseu.

«Hoje é um dia muito feliz e até emocionante», confessou o arqueólogo, após a inauguração da exposição itinerante, designada “Praça da República - Mosaico Outonal e Potenciação da Comunidade Local” e da réplica ampliada da figura de Outono. Quando questionado acerca do porquê de terem escolhido esta figura de entre as quatro estações, Miguel Pessoa aponta «as cores mais diversas» como uma das razões e, em segundo lugar, por «representar uma estação de transição», explicou o arqueólogo.

O Busto de Outono é composto por cerca de cinco mil tesselas trabalhadas pelo mosaicista Afonso Ferreira de Oliveira, mas para Miguel Pessoa destacam-se duas delas, «as duas peças dos olhos são de vidro», realçou, referindo que vieram diretamente da Marinha Grande. Para Nuno Moita a inauguração desta obra é uma forma de «aproximar Conímbriga aos habitantes de Condeixa», dando «mais significância à candidatura à UNESCO», salientou Nuno Moita, presidente da Câmara Municipal e impulsionador da candidatura de Conímbriga a Património Mundial.

O dirigente do Ecomuseu e uma voz ativa do Movimento para a Promoção da Candidatura de Conímbriga a Património Mundial da UNESCO destacou ainda o trabalho de muitas mãos resultado de uma equipa multidisciplinar que reconstituiu informaticamente não só o Busto de Outono, como várias representações dos mosaicos de Conimbriga que podem ser vistos na exposição patente na praça central de Condeixa.

«Começámos a trabalhar em 2019 no estudo de alguns mosaicos com a “reconstrução” de alguns deles, com fotografias e pintura», referindo-se ao trabalho de João Pocinho (pintura), José Diogo Carvalho e Mariana Simões (informática): Francisco Pedro e Flávio Simões (fotografia) que puderam trabalhar no estaleiro cedido pela Casa Alverca.

A exposição que estará patente até janeiro é composta por três temas dos mosaicos das Ruinas de Conímbriga. O primeiro designa-se por “O contributo do nosso tempo para uma melhor compreensão dos mosaicos romanos de Conímbriga” e debruçou-se sobre os mosaicos das quatro estações.

Homens, símbolos e animais também fazem parte de muitas das representações que podemos ver nas Ruinas e, por isso, o segundo tema da exposição debruça-se sobre as representações de cenas de caça, por exemplo. Por fim, a composição geométricas dos mosaicos romanos de Conímbriga fazem parte de muitas composições trabalhadas por esta equipa multidisciplinar.

Fonte: Diário de Coimbra

ARQUIVO

mais notícias relacionadas com Turismo
CONDEIXA-A-NOVA, CIUDAD ROMANA
Red de Ciudades Romanas del Atlántico
CASA MUSEU FERNANDO NAMORA

Largo Artur Barreto
3150-140
Condeixa-a-Nova

Tel. 239 940 146

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO
PARTICIPE!

Orçamento Participativo de Condeixa-a-Nova

WWW. op.cm-condeixa.pt

FARMÁCIAS 24H

  • Farmácia Conimbriga

    Rua Principal, 26 (EN 342) - São Fipo Ega Tel.: 239 948 542 (Permanente)

    + INFO
  • Farmácia Antunes (antiga Farmácia Ferreira)

    Av. Visconde de Alverca, 47 Condeixa-a-Nova Tel.: 239 941 466 (Horário alargado: das 08:30 às 22:00)

    + INFO