MENU
cm-condeixa.pt / notícias / Condeixa prepara-se para recolha seletiva de biorresíduos
14 de Janeiro de 2021

Condeixa prepara-se para recolha seletiva de biorresíduos

A Câmara Municipal de Condeixa vai dar início à recolha seletiva de resíduos orgânicos biodegradáveis, apelando à participação e envolvimento da população no objetivo de reduzir o desperdício de resíduos com valor.

O projeto piloto de recolha seletiva dos biorresíduos (restos alimentares e resíduos verdes) vai avançar em duas freguesias do concelho, abrangendo cerca de 5.550 pessoas. Destina-se ainda ao setor não doméstico de todo o concelho, nomeadamente restaurantes, cantinas, mercados e supermercados.

Refira-se que a partir de 31 de dezembro de 2023, por imposição da União Europeia, Portugal tem de começar a realizar a recolha seletiva dos resíduos orgânicos biodegradáveis, os chamados biorresíduos. Para se adaptar a estas novas exigências, a Câmara de Condeixa viu aprovada a candidatura “Biorresíduos com Valor” que submeteu no âmbito do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), e que visa a implementação da recolha seletiva de biorresíduos. Esta operação, no valor total de 414 657,60 euros, dos quais 85% comparticipados pelo Fundo de Coesão, pretende preparar o município para responder a este novo desafio.

O objetivo é evitar que sejam depositados em aterro resíduos com valor, isto é, os biorresíduos que fazem parte do dia-a-dia, nomeadamente os restos de comidas ou os que resultam, por exemplo, da preparação dos alimentos que usamos para fazer uma refeição. 

Estes resíduos compõem, em média, quase 40 por cento do nosso caixote do “lixo comum” e representam a perda de um recurso importante que, depois de transformado, pode ser encaminhado para enriquecimento dos solos agrícolas e florestais nacionais. De facto, quando os biorresíduos são recolhidos de forma seletiva, e devidamente encaminhados para tratamento e valorização, podem ser geridos para aproveitar todo o seu potencial ambiental e económico, assegurando uma economia mais circular e evitando poluir a água, o solo e o ar.

O início deste processo, de desvio dos biorresíduos da rede de recolha indiferenciada para a rede de recolha seletiva deste novo fluxo, reveste-se de enorme importância no aumento dos índices de reciclagem. O seu sucesso, porém, requer e depende da participação, esforço, empenho e corresponsabilização de todos os intervenientes, para que no final de 2023 Condeixa consiga ter uma rede de recolha seletiva de biorresíduos e reduzir o desperdício de resíduos com valor.

É fundamental que separe corretamente os resíduos orgânicos e não os misture com outros que acabam por os contaminar. Assim, no novo contentor de cor ou tampa castanha deposite apenas restos de alimentos crus e cozinhados ou fora de validade (legumes e frutas, carne e peixe, restos de sopa, restos de pão e bolos), cascas de ovos, borras de café, saquinhos de chá e guardanapos de papel.

ARQUIVO

mais notícias relacionadas com Ambiente
CONDEIXA-A-NOVA, CIUDAD ROMANA
Red de Ciudades Romanas del Atlántico
CASA MUSEU FERNANDO NAMORA

Largo Artur Barreto
3150-140
Condeixa-a-Nova

Tel. 239 940 146

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO
PARTICIPE!

Orçamento Participativo de Condeixa-a-Nova

WWW. op.cm-condeixa.pt

AGENDA 21 LOCAL
SUSTENTABILIDADE

Gestão partilhada e sustentável do futuro do município de Condeixa-a-Nova.

WWW. agenda21condeixa.com

FARMÁCIAS 24H

  • Farmácia Rocha

    Praça da República Condeixa-a-Nova Tel.: 239 941 301

    + INFO