MENU
cm-condeixa.pt / notícias / Congresso Internacional Fernando Namora vai passar por Lisboa Vila Franca e Condeixa
23 de Outubro de 2019

Congresso Internacional Fernando Namora vai passar por Lisboa Vila Franca e Condeixa

O Congresso Internacional Fernando Namora “e não sei se o mundo nasceu” vai decorrer entre 24 e 26 de outubro, com início em Lisboa, passando por Vila Franca de Xira e terminando no Museu PO.RO.S, em Condeixa.

O evento decorre no âmbito do programa de comemorações do centenário do nascimento de Fernando Namora, com a participação de vários especialistas que se vão debruçar sobre o universo literário do escritor.

“Desejo profundamente que este Congresso possa constituir-se o impulso para uma atenção mais justa a um dos maiores mestres literários contemporâneos, despertando o interesse da comunidade académica para a produção de novas abordagens à obra de Fernando Namora”, salientou Nuno Moita da Costa, presidente da Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova.

O autarca destaca que o programa de comemorações do centenário “já teve o mérito de trazer à memória do grande público um dos maiores vultos da literatura portuguesa do século XX, cuja obra e legado não pode escapar ao conhecimento, sobretudo, das gerações mais novas”.

O Congresso Internacional Fernando Namora “e não sei se o mundo nasceu” arranca dia 24 de outubro, quinta feira, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, prosseguindo no dia seguinte em Vila Franca de Xira.
O dia de encerramento dos trabalhos acontecerá em Condeixa, no auditório do Museu PO.RO.S, com as intervenções de Isabel Cristina Mateus (Universidade do Minho) «Fernando Namora ou a arte de desengravatar teorias», Maria de Lurdes Sampaio (FLUP / ILCML) «No tempo da “medicina mágica”: leituras de Fenando Namora» e de José Manuel Mendes (U. Minho / APE) que irá proferir a última conferência «Fernando Namora, inventários».

Está ainda previsto lançamento da revista Algar e a realização de uma visita guiada à Casa-Museu Fernando Namora, onde o escritor nasceu e viveu até aos 10 anos, e que constitui atualmente o principal polo de divulgação do legado de Namora e onde se desenvolve grande parte da dinâmica cultural de Condeixa.

A Casa Museu Fernando Namora, refira-se, abriu ao público em 1990, um ano após a morte do médico e escritor, após a reconstituição do seu escritório e onde se conservam e apresentam publicamente diversos manuscritos e objetos pessoais.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, preside à Comissão de Honra do Congresso, que integra ainda o primeiro ministro, António Costa, e a ministra da Cultura, Graça Fonseca.

Recorde-se que o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, presidiu à cerimónia oficial de abertura das comemorações do centenário de nascimento de Fernando Namora, cujo programa decorrerá até abril de 2020.

Com uma ampla produção literária, Fernando Gonçalves Namora (1919-1989) reuniu géneros tão diversos como o romance ou a poesia, a novela ou a biografia, com destaque para as narrativas dos cadernos de um escritor. Alguns dos seus livros foram adaptados ao cinema e traduzidos em diversas línguas.

ARQUIVO

mais notícias relacionadas com Cultura
CASA MUSEU FERNANDO NAMORA

Largo Artur Barreto
3150-140
Condeixa-a-Nova

Tel. 239 940 146

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO
PARTICIPE!

Orçamento Participativo de Condeixa-a-Nova

WWW. opcondeixa.pt

AGENDA 21 LOCAL
SUSTENTABILIDADE

Gestão partilhada e sustentável do futuro do município de Condeixa-a-Nova.

WWW. agenda21condeixa.com

FARMÁCIAS 24H

  • Farmácia Rocha

    Praça da República Condeixa-a-Nova Tel.: 239941301

    + INFO