MENU
cm-condeixa.pt / notícias / Rede viária municipal preparada para o período crítico dos fogos
09 de Julho de 2018

Rede viária municipal preparada para o período crítico dos fogos

O município de Condeixa iniciou a execução dos trabalhos de limpeza das faixas de gestão de combustível, com 10 metros, junto à rede viária, a 15 de Maio, tendo em vista a salvaguarda da segurança na evacuação da população das aldeias e lugares do concelho.

Quase dois meses depois do começo dos trabalhos, a maior parte do plano de limpeza já foi executado, quer com o abate de pinheiros e eucaliptos, como no corte de mato e outros arbustos.

«O objetivo é que a rede viária possa possibilitar a evacuação na máxima segurança das populações em caso de incêndio. Uma das preocupações que temos tido prende-se com o facto de não existir cadastro que ajude a decifrar os proprietários de áreas confinantes por limpar», referiu o comandante da Proteção Civil da Câmara Municipal de Condeixa.

Ainda de acordo com António Jorge Coelho, «já estão limpos quase 150 hectares, em que foi dada aos proprietários a opção de cortarem as árvores e rentabilizarem a venda do material lenhoso até ao final do mês em curso». Apesar disso, a limpeza tem sido feita pela autarquia, porque, segundo o responsável da proteção civil do município, «o mais importante são as pessoas, pelo que as aldeias devem estar integradas para que se seja possível responder a agressões, como é o caso dos incêndios florestais, pois seria inglório e infrutífero colocar em risco todo o trabalho desenvolvido».

Por via disso, a autarquia está a trabalhar com 16 aldeias, abraçando o programa “Aldeias Seguras, Pessoas Seguras”, projeto que visa atribuir especial relevância a municípios e freguesias, no sentido de os capacitar com vista a dotá-los de conhecimento técnico, recursos didáticos e instrumentos de apoio à resiliência da população. O programa abrange cinco eixos fundamentas: a proteção dos aglomerados, prevenção de comportamentos de risco, sensibilização e aviso à população, evacuação de aglomerados e locais de abrigo e refúgio.

Para dar a conhecer a evolução dos trabalhos em execução pela Ecorede, empresa representada ontem em Condeixa por Pedro Peão, José Pita e Luís Martins, o presidente da autarquia congratula-se «pelo investimento na ordem dos 220 mil euros do orçamento para limpar cerca 150 hectares nas faixas que lhe compete, mas o esforço suplementar da autarquia faz todo o sentido tendo em vista a segurança da população».

«Neste momento já se encontra uma execução superior a 90% do plano de limpeza previsto nos espaços florestais, o que não deixa de ser um motivante por tudo o que foi feito e, aquilo que ainda falta limpar, deverá acontecer para a próxima semana», sublinhou Nuno Moita.

O edil condeixense aproveitou o encontro com os jornalistas para apelar à população «para cumprir com a sua parte, ou seja, a limpeza nos 100 metros à volta dos aglomerados e nos 50 metros à volta das habitações». «Se, por absurdo, nenhum privado limpar nada nessas zonas, o município teria de gastar, no mínimo, 1,2 milhões de euros» de um orçamento anual de 12 milhões de euros», esclareceu.

ARQUIVO

mais notícias relacionadas com Proteção Civil
CASA MUSEU FERNANDO NAMORA

Largo Artur Barreto
3150-140
Condeixa-a-Nova

Tel. 239 940 146

AGENDA 21 LOCAL
SUSTENTABILIDADE

Gestão partilhada e sustentável do futuro do município de Condeixa-a-Nova.

WWW. agenda21condeixa.com

FARMÁCIAS 24H

  • Farmácia Anobra

    Rua da Republica, 7 Anobra Tel.: 239943320

    + INFO
  • Farmácia Conimbriga

    Estrada Nacional 342, Rua Principal , 26 Ega Tel.: 239948542

    + INFO